Preprint B84/2016
Medindo Risco Através da Perda Máxima: Maximum Drawdown at Risk
Rafael Coelho Lavrado
Keywords: Maximum Drawdown at Risk | Medidas de Risco | Modelos de Risco

O principal objetivo da maioria dos investidores é obter lucro. Entretanto, frequentemente há muita incerteza em relação ao retorno que será alcançado. Surge, então, o segundo aspecto que desperta a preocupação do investidor: o risco. Para avaliar quantitativamente o real nível de risco que está em jogo são necessárias medidas de risco. O tema deste trabalho é apresentar e discutir o Maximum Drawdown at Risk (MDaR), uma medida de risco que indica, dada uma probabilidade, a perda máxima possível que o investimento pode sofrer em determinado período de tempo.

Apesar de suas inúmeras vantagens, o Maximum Drawdown at Risk ainda não é amplamente conhecido e aplicado e, portanto, não há na literatura informações claras de como se deve estimar e avaliar essa medida. Neste trabalho propomos uma metodologia completa para realizar a estimativa dessa medida de risco. Após implementar e analisar diversos modelos para simulações de trajetórias dos retornos, foi escolhido o GJR-GARCH(1,1). O cálculo da medida de risco é então feito através do método de simulação de Monte Carlo. Por fim, para validar o modelo proposto, foram escolhidos os principais índices de ações globais e aplicado o procedimento de backtest, onde são realizadas estimativas para diversas datas e, em seguida, é avaliado se o percentual de violações condiz com a probabilidade indicada pelo modelo.